11 de mar de 2018

2018.

O ano virou.

O teto caiu.
De ponta-cabeça tudo ficou.
Um monte de gente entrou.
Um monte de gente saiu.
Então muita coisa mudou.
Então muita coisa ficou.

Aquele meu querido ainda mais adoeceu.
E sofreu.
O milagre não aconteceu.

Coragem, não sei de onde, apareceu.
Um movimento, timidamente, à luz da existência se atreveu.
E floresceu.
Uma pequena conquista nasceu.
Um desafio sem tamanho no horizonte cresceu.
O medo bateu.
A ansiedade sufocou.
A solidão o coração castigou.
Em desespero, o corpo chorou.

E então, de repente, a onda sufocante passou.
Um novo dia clareou.
E outro, e outro... O tempo consigo os levou.

Mas a vida outra vez mudou.

Aquele meu querido ainda mais se enfraqueceu.
O corpo cansado, tão sofrido, da alma se perdeu.
O sorriso se escondeu.
O olhar no vazio se fixou.
A voz para sempre se calou.
No peito, o ar lhe faltou.
E então, seu tempo aqui acabou.
O descanso, por fim, chegou.
E de saudade o peito apertou.

Mas a vida continuou...

O tal desafio, um pouco se encolheu.
A rotina, lentamente, pouco a pouco se estabeleceu.
A incerteza, todavia, todo santo dia compareceu.
O aprendizado cresceu.
A serenidade finalmente surgiu.
E dia após dia, a caminhada prosseguiu.

Mas então, sem aviso, surpresa terrível sobre a vida se abateu.
Aquela outra querida, de saudade adoeceu.
Sua alma tanto tanto doeu,
Que o corpo também sofreu.
E quando o pior se apresentou,
Ninguém acreditou.
O tempo dela também se acabou.
A despedida inesperada a todos devastou.

Mas o dia seguinte chegou,
E nele, novamente o sol raiou.
O ponteiro do relógio, alheio a tudo, nem por um segundo parou.

Mais uma vez, a vida continuou...

E continua.

E continuará.

E será boa.

~~~

15 de fev de 2018

Leituras de 2017

Concluídas este ano: 27

Era Uma Vez no Outono - Lisa Kleypas (★★★★)

Pecados no Inverno - Lisa Kleypas (★★★★)

A Caminho do Altar - Julia Quinn (★★★★★)

E Viveram Felizes Para Sempre - Julia Quinn (★★★★)

Escândalos na Primavera - Lisa Kleypas (★★★★★)

Princesa das Águas - Paula Pimenta (★★★★★)

A Cidade dos Espelhos - Justin Cronin (★★★★)

Dezenove Minutos - Jodi Picoult (★★★★)

Red Hill - Jamie McGuire (★★★★★)

A Protegida - Lisa Kleypas (★★★★★)

A Redenção - Lisa Kelypas (★★★★★)

Proposta Inconveniente - Patricia Cabot (★★★★★)

Romance com o Duque - Tessa Dare (★★★★★)

Quando a Bela Domou a Fera - Eloisa James (★★★★★)

Diga Sim ao Marquês - Tessa Dare (★★★★★)

Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn (★★★★★)

Uma Noite Como Esta - Julia Quinn (★★★★★)

A Soma de Todos os Beijos - Julia Quinn (★★★★★)

Os Mistérios de Sir Richard - Julia Quinn (★★★★★)

A Noiva do Capitão - Tessa Dare (★★★★)

Ligeiramente Perigosos - Mary Balogh (★★★★)

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar - Sarah MacLean (★★★★★)

Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - Sarah MacLean (★★★★★)

Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir - Sarah MacLean (★★★★★)

Entre o Amor e a Vingança - Sarah MacLean (★★★★)

Entre a Culpa e o Desejo - Sarah MacLean (★★★★★)

Entre a Ruína e a Paixão - Sarah MacLean (★★★★★)

Em andamento: 2

Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência - Sarah MacLean (★★★★★)

Grimm's Fairy Tales - Irmãos Grimm (★★★★★)



* * *

Com muito atraso (mas foi por motivos de força maior, então tudo bem), segue a minha lista de leituras de 2017.

Comparando com o ano anterior, em 2017 aumentei um pouco o número de livros lidos... Porém, ainda continua bem menos do que costumava ser nos meus tempos áureos de leitora voraz. Mas não tem problema, não é uma competição ou coisa assim, não é mesmo? Sem pressão. :)

Outra vez, os romances foram o carro chefe das minhas leituras... Na verdade, foram quase unanimidade, pra ser sincera. Me deixa, vai... :P

Destaque para o final da triologia A Passagem, que finalmente foi lançado esse ano. Os livros são muito bons, recomendo! ;)

E é isso, sem muitos comentários dessa vez, porque né?

Vejamos que leituras me aguardam em 2018.

Beijos.

8 de abr de 2017

Recomeçar.

Dando voz às palavras bobas,
aos sentimentos mais profundos,
às canções mais bonitas.

Dando asas à imaginação,
ao coração,
à essência escondida, encolhida e já quase esquecida.

Dando corda aos devaneios piegas,
aos sonhos antigos,
aos anseios outrora tão queridos.

Dando fôlego aos planos,
à vontade, à esperança,
dando fôlego ao fôlego em si.

Dando outra chance ao espírito,
à alma, ao ser,
ao amor em todas as suas nuances.

Dando adeus ao escuro,
ao frio,
ao vazio.

Que venha o sol...

Pois o mais curioso
nessa matemática louca da vida
é que quanto mais dou de mim,
mais recebo
e maior me torno no fim.